Jovens protagonistas de suas histórias

Sabendo que as crianças e jovens de hoje são os donos do amanhã, a Luta pela Paz incentiva o desenvolvimento da liderança a partir do Conselho Jovem.

É impossível pensar no futuro de um território sem ouvir os moradores. E grande parte deles são  crianças e jovens que precisam ser incentivados a ocuparem seus espaços e protagonizarem suas próprias histórias, opinando e escolhendo o  seus caminhos. 

É por isso que a Luta pela Paz tem o Conselho Jovem, um grupo formado por jovens membros da organização, eleitos representantes, que participam de discussões e formulações de políticas institucionais, sempre levando em conta as demandas e questões dos alunos e alunas para a diretoria. 

O mandato dura um ano e todo e qualquer aluno ou aluna pode se candidatar, sem nenhum tipo de discriminação por gênero, sexualidade, deficiência física, religião, raça ou etnia. Atualmente o Conselho é formado  por 4 jovens eleitos em 2019, que seguem  em um mandato estendido por conta da Pandemia.

Quem  pensa que ser um jovem conselheiro é uma missão simples está muito enganado. A responsabilidade de ser a voz ativa dos jovens da organização  demanda muita coragem, desenvoltura, empatia e paciência - e isso, em uma rápida conversa, você já percebe que nossos jovens conselheiros e conselheiras tem de sobra. Em um ano de mandato os jovens passaram por inúmeras experiências e situações desafiadoras ou inesquecíveis, dentre elas a  oportunidade de experimentarem a liderança de um projeto:  a Festa Julina de 2019, totalmente organizada pelo Conselho Jovem. 

Mas não parou por aí, além de promoverem a festa, eles identificaram demandas alimentares de algumas famílias dos alunos e alunas da organização e lançaram um desafio  onde cada modalidade esportiva deveria arrecadar determinado alimento para doação. Assim, com a força coletiva dos jovens, eles conseguiram montar e doar muitas cestas básicas para os responsáveis. Claro que a festa foi cheia de abraços, amor, comida, sorrisos, diversão, e o sabor especial da solidariedade. 

O Conselho Jovem é muito mais do que apenas um grupo eleito. Depois de tantos altos e baixos da vida, se tornaram amigos que apoiam uns aos outros, acolhem, sabem ouvir e que não tem medo de falar. Jovens que refletem sobre questões da sociedade e promovem debates para pensar estratégias de como  construir um mundo melhor. Se tornam multiplicadores e agentes da paz, não só na Maré, mas onde quer que estejam. 

O futuro é das crianças e jovens de hoje. É nosso dever acreditar em seus potenciais e incentivar suas ocupações em espaços de poder. Lutamos juntos e juntas por um futuro de paz. Você vem conosco? Saiba como ajudar, clicando aqui.