Notícias

Direito de brincar: Projeto Comunidade Segura realiza oficina de sensibilização com crianças e responsáveis de comunidades de São Paulo

Por Julie Oliveira

Na sociedade atual, o direito de brincar e passar um tempo em família, infelizmente, não é de todos. Muitos responsáveis precisam trabalhar em dois empregos para dar conta de colocar comida na mesa, e as crianças e adolescentes acabam sendo diretamente impactados pela ausência, que se torna mais presente que a própria família. 

Pensando nisso, o Comunidade Segura, projeto realizado pela Luta pela Paz com apoio da Petrobras, realizou no último sábado, dia 22 de outubro, uma oficina de sensibilização, com objetivo de proporcionar aos responsáveis um momento de vivência das atividades esportivas e brincadeiras recreativas que as crianças e adolescentes participam, deixando de lado brincadeiras tecnológicas, promovendo momentos únicos e promovendo a aproximação da família com o projeto.

Registro da gincana de pais e filhos | Arquivo pessoal
Registro da gincana de pais e filhos | Arquivo pessoal
Responsáveis experimentando a modalidade de Muay-thai com seus filhos | Arquivo pessoal

O evento contou com a participação de 120 crianças e adolescentes, 16 responsáveis participaram de uma gincana com seus filhos, e 10 jovens atletas do projeto participaram como monitores das atividades. “O meu filho foi um dos monitores que ajudou os professores a mediar as atividades. Foi uma experiência única pra ele. Um dia de muita diversão e aprendizado, e a melhor parte foi ver a alegria dos pais que participaram do evento” relata Francine Marcelino, mãe de um jovem atleta do projeto.

A oficina aconteceu na quadra da Escola Estadual Jozineide Pereira Gaudino, no Jardim Nossa Senhora do Carmo, em São Paulo. O evento foi aberto ao público, com direito a distribuição de pipoca e algodão doce, piscina de bolinhas e pula-pula, animação com DJ e um mural informativo com os direitos da criança e do adolescente.  

Mural com os direitos da criança e do adolescente | Arquivo pessoal
Barraquinha de pipoca e algodão doce | Arquivo pessoal

“Foi um momento  muito gostoso  com amigos e familiares. Meu filho  brincou muito e eu tirei várias dúvidas sobre o projeto com a equipe do Comunidade Segura”, conta Maria Aparecida, responsável de um aluno do projeto.  Quer saber mais sobre as ações realizadas e ficar por dentro de todas as novidades? Acompanhe a @lutapelapaz nas redes sociais.    

Você também vai se interessar por…

OPORTUNIDADE

Envie sua proposta até dia 28/11 para a Consultoria em Treinamento. A Consultoria em Treinamento terá por objetivo a...

VAGAS DE EMPREGO

Inscrições abertas até dia 04/12 para a vaga de Analista de Departamento pessoal da Luta pela Paz, no Rio de Janeiro....