Notícias

projeto comunidade segura realiza formação sobre comunidade de cuidado

Você sabe o que é Comunidade de Cuidado? Essa expressão significa o fortalecimento de uma rede de proteção em um território, onde aspectos psicológicos e sociais fazem parte do conceito de saúde, reconhecendo saberes e identidades, com objetivo de cuidar de si e do outro. 

Nos dias 15 a 19 de agosto, o Comunidade Segura, projeto realizado pela Luta pela Paz com apoio da Petrobras, realizou o curso Comunidade de Cuidado, com o objetivo de fortalecer o trabalho de acolhimento e cuidado em rede de situações de violência e saúde mental da infância e adolescência no território.

Com duração de 25h, a formação teve como público moradores, jovens  e atores da rede de proteção das comunidades Savoy, da Zona Leste de São Paulo, e Jardim Centenário e Parque São Miguel, de Guarulhos. Na formação, a prática de cuidado foi entendida tanto como conteúdo quanto como método, com a realização de atividades de caráter teórico e prático com intuito de fortalecer vínculos entre os participantes, reconhecendo e aprimorando uma rede de cuidados para crianças e adolescentes

“A metodologia promove um espaço de encontro entre os diferentes atores que trabalham na proteção de crianças e adolescentes e, muitas vezes, não se reconheciam enquanto parceiros. Nesse sentido, a formação é fundamental para apoiar o projeto Comunidade Segura que tem no seu coração o trabalho em rede e o fortalecimento comunitário”, diz a gerente do eixo Coletivos da Luta pela Paz, Lola Werneck. 

A formação deixa, como semente, a constituição de uma Comunidade de Cuidado que deve seguir se fortalecendo e ampliando suas possibilidades de atuação com o apoio da Luta pela Paz.

“Foram 5 dias intensos, mas também muito leves. Participamos de dinâmicas especiais realizadas pelas educadoras e aprendemos passos, práticas e ferramentas de como nos cuidar e como cuidar de crianças e adolescentes com diferentes atores da rede. Estou levando essa bagagem para o meu trabalho para multiplicar o que aprendi, já que temos visto muitos casos relacionados à saúde mental. É realmente uma questão importante”, relata Fernando Tadeu, um dos participantes da formação.

A metodologia do projeto Comunidade Segura prevê a atuação integrada e multisetorial para a implementação de agendas focadas no desenvolvimento de comunidades seguras e inclusivas. Por meio de três eixos estratégicos de atuação – Mobilização, Formação e Atendimento, a proposta busca o fortalecimento dos diferentes atores sociais presentes nos territórios. Enquanto o primeiro eixo trabalha a sensibilização sobre os fatores que tornam uma comunidade segura, o segundo atua por meio de treinamentos, mentoria para lideranças locais, educadores, jovens e profissionais da rede de proteção. Já no eixo de atendimento, são implementados programas de desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens.

Veja abaixo as fotos da formação:

Participantes da formação durante uma das atividades | Foto: Fernando Tadeu
Participantes da formação durante uma das atividades | Foto: Fernando Tadeu
Participantes da formação de Comunidade de Cuidado | Foto: Fernando Tadeu
Da esquerda para direita: Elisângela Machado, gerente do Projeto Comunidade Segura, em São Paulo, Lola Werneck, gerente de Eixo Coletivos da Luta pela Paz e Nara Góes, gerente do Projeto Novas Trilhas, no Ceará. | Foto: Fernando Tadeu

Você também vai se interessar por…

VAGA DE EMPREGO

Inscrições abertas até dia 07/10 para a vaga de Assistente social da Luta pela Paz, em São Paulo. Visando promover a...