Notícias

A força feminina na II Corrida Destemidas na Maré

Por Matheus de Araujo

1. Atletas participantes da II Corrida Destemidas na Maré fazem aquecimento antes da prova | Foto: Victor Freitas (@Srfvictor)

A necessidade de realizar uma transformação social sempre acontece a partir da identificação de problemas dessa estrutura social. Se entendemos que existe uma potencialidade e ela não se concretiza em progresso, o investimento precisa ser direcionado. Quando percebemos que mulheres, moradoras de favela, apesar de vários obstáculos, são capazes de grandes realizações, mas não conseguem alcançar seus objetivos, é sinal de que ainda há um longo caminho a percorrer. No projeto Destemidas, esse caminho vai sendo atravessado, trazendo cada vez mais mulheres, juntas, e nesse último domingo, 16 de setembro, pudemos notar essa força.

Aconteceu no conjunto de favelas a II Corrida Destemidas na Maré, um evento com percurso de 4 quilômetros voltado para mulheres de todas as idades. A largada e chegada ocorreram  em frente à sede da Luta pela Paz, na Nova Holanda, passando por localidades como as Escolas do Amanhã, Rua Tancredo Neves, Pontilhão e Parque Ecológico, reunindo 150 atletas de dentro e fora do projeto, incluindo moradoras e mães.

2. A jornalista e co-fundadora Carol Barcellos e atletas do projeto contornam o trecho das Escolas do Amanhã | Foto: Victor Freitas (@Srfvictor)

A produção contou com aproximadamente 50 voluntários, formados por colaboradores da Luta pela Paz e do coletivo esportivo de futsal voltado para mulheres da Maré, o MariEllas, para o acompanhamento do trajeto, suporte nos pontos de apoio e de hidratação. Alguns convidados também participaram da corrida, como a co-fundadora do projeto, a jornalista Carol Barcellos, o ator Thierry Figueira, Carmen Buonocore e Larissa, integrantes do Bahia Asset, a cardiologista voluntária do projeto Alessandra Siqueira, a voluntária Renata Mader, entre outros participantes desse dia marcante. 

“O esporte precisa estar em todos os espaços. Todas nós desejamos saúde e aquele respiro para a vida, o alívio que correr nos traz. Todas nós, ainda mais as que travam batalhas diárias na vida”, afirma Carol Barcellos. A II Corrida Destemidas na Maré, assim como o projeto como um todo, visa incentivar à prática esportiva como cuidado à saúde e, também, inspirar o debate sobre equidade de gênero no cenário esportivo, divulgando e atraindo mais e mais mulheres a participarem.

3. Ao final, todas as participantes foram premiadas com kits e medalhas de participação | Foto: Victor Freitas (@Srfvictor)

O projeto Destemidas promove o potencial de meninas e jovens faveladas utilizando o esporte como ferramenta de desenvolvimento pessoal e emancipação de mulheres, além de fortalecer o protagonismo feminino em um ambiente que, durante muitos anos, foi visto como masculino.

Agradecimentos aos patrocinadores do projeto Destemidas:
Global Sports Mentoring Program; Bahia Asset Management; Mattos Filho; Credit Suisse; Verde Asset Management; Instituto Phi e Bocom BBM.

Você também vai se interessar por…

OPORTUNIDADE

Envie sua proposta até dia 28/11 para a Consultoria em Treinamento. A Consultoria em Treinamento terá por objetivo a...

VAGAS DE EMPREGO

Inscrições abertas até dia 04/12 para a vaga de Analista de Departamento pessoal da Luta pela Paz, no Rio de Janeiro....