Notícias

Novas Trilhas oferece formação para profissionais socioeducativos de Fortaleza

Profissionais de Centros Socioeducativos do Ceará durante a formação “Campeões na Vida”

O Novas Trilhas, projeto que integra o POC, Programa Oportunidades e Cidadania da Superintendência Estadual do Atendimento Socioeducativo (SEAS), iniciou no dia 1º de Setembro, a transferência metodológica do programa “Campeões na Vida”. 

A metodologia Campeões na Vida foi desenvolvida pela Luta Pela Paz a partir de sua experiência no complexo da Maré junto a crianças, adolescentes e jovens, onde o esporte é utilizado como ferramenta para desenvolvimento pessoal no fortalecimento de habilidades para vida. Essa metodologia já foi transferida para diversas organizações e projetos no Brasil e no mundo, especialmente em cenários afetados pela violência, e tem contribuindo para fortalecer a atuação dessas instituições junto aos adolescentes e jovens atendidos.

A transferência metodológica será dividida nas seguintes etapas: diagnóstico; formação; mentoria e produção de um guia metodológico. A primeira etapa serve para conhecer o contexto onde será aplicada a metodologia, analisando o ambiente de aprendizagem; o perfil do público atendido; os educadores responsáveis pela aplicação da estratégia e a rede de apoio que compõem esse cenário. Tratando-se do cenário do sistema socioeducativo, essa etapa é de extrema relevância, visto que será a primeira vez que a Metodologia será desenvolvida nesse contexto. Nessa etapa de diagnóstico, serão realizadas visitas às unidades socioeducativas, realizadas entrevistas com atores chave desse cenário e aplicado questionário junto aos profissionais que participarão da formação.

A segunda etapa é de formação, onde serão realizados seis encontros, no CUCA PICI, em parceria com a Secretaria de Juventude de Fortaleza. Ela terá  entre uma carga horária de 44h e é voltada para 35 profissionais indicados pela SEAS, atuantes nas unidades socioeducativas de Fortaleza, com prioridade para socioeducadores e educadores esportivos. Os encontros serão divididos em formatos remotos e presenciais, com previsão de encerramento no dia 11 de Novembro. 

A mentoria tem como objetivo garantir o acompanhamento de especialistas da Luta pela Paz junto aos educadores para a aplicação prática da metodologia Campeões da Vida nas unidades socioeducativas. A última etapa será de produção do Guia Metodológico Campeões na Vida no cenário Socioeducativo, que apresentará as diretrizes metodológicas para desenvolvimento e fortalecimento da metodologia, bem como as lições aprendidas no processo de transferência metodológica para esse cenário.

A metodologia Campeões na Vida trabalha com esporte para o desenvolvimento, pedagogia de valores, criação de um ambiente de aprendizagem inclusivo, acolhedor e estimulante, bem como entende os adolescentes e jovens a partir de seus marcadores de identidade, como gênero, sexualidade, raça e etnia, deficiência. E tem como foco o fortalecimento de práticas pedagógicas, redes de apoio,e mapeamento de aprendizados. 

Dessa forma, pretende-se potencializar o atendimento socioeducativo através do esporte fortalecendo a atuação dos educadores junto aos adolescentes a fim de promover o desenvolvimento de habilidades para vida que os ajudem a construir novas possibilidades e traçar novas trajetórias.

Para Savanya Shell, assessora de Arte, Cultura, Esporte e Lazer a importância do treinamento “Campeões na Vida” para o Sistema Socioeducativo do Ceará está na ampliação das estratégias de cuidado de adolescentes e jovens em privação de liberdade.Articular o planejamento de ações/atividades conectadas com os caminhos que os/as adolescentes indicam é fundamental para a mudança das rotas por meio da participação do/da adolescente.”, completa a assessora.

Já para os profissionais do Sistema Socioeducativo, as transformações são visíveis no dia a dia. Para Jadeson de Souza, profissional de Educação Física do Centro Socioeducativo (CSE) São Francisco, o esporte é fundamental nesse processo. “Porque é através dele que os adolescentes têm a oportunidade de transformar suas vidas de uma maneira integral: no lado cognitivo, no afetivo, no físico, no psicológico e no social. O esporte integrado com todas as suas ferramentas faz com que barreiras sociais, de classe e raça, entre outras, sejam ultrapassadas”. O profissional de Educação Física aponta, ainda, que a metodologia “Campeões na Vida” foi essencial para repensar o papel do esporte dentro dos centros socioeducativos: “Acredito que poderá ser feita uma mudança extraordinária na forma que realizamos o nosso trabalho no dia a dia, pois desenvolver um trabalho que integra o conhecimento social e histórico com a prática desportiva, faz com que possamos sempre buscar contextualizar o nosso método de ensino com a vida destes adolescentes”. Já Onofre Neto, profissional de Educação Física do CSE Dom Bosco, complementa: “Muitas vezes, a prática esportiva é a possibilidade que este ou esta jovem tem de se reencontrar ou até mesmo de ter o seu primeiro encontro com uma perspectiva de vida com significado, digna e próspera”

Para Lucas Henrique Ferreira, profissional da Luta pela Paz responsável pela formação na metodologia “Campeões na Vida”, a principal contribuição é justamente a mudança de perspectiva destes educadores e educadoras que passam pela trilha formativa. “Eles e elas passam a enxergar seus trabalhos como ferramentas de desenvolvimento de potencialidades de jovens. Já, nos jovens, a metodologia contribui para o desenvolvimento de habilidades que vão impactar as suas vidas e sua forma de se relacionar consigo, com o outro e com a comunidade em que ele ou ela está inserido” diz Lucas Henrique.

Ficou interessado(a) e quer saber mais sobre a formação? Então fique de olho em nossas redes sociais e no site da Luta pela Paz para ficar por dentro das novidades. 

Você também vai se interessar por…

VAGA DE EMPREGO

Inscrições abertas até dia 07/10 para a vaga de Assistente social da Luta pela Paz, em São Paulo. Visando promover a...