Notícias

NOVAS TRILHAS

Projeto da Luta pela Paz em parceria com o governo do Estado chega ao Ceará e vai oferecer acompanhamento psicossocial a mais de 600 jovens que passaram por medidas socioeducativas em Fortaleza e Sobral

Novas Trilhas é um projeto executado pela Luta pela Paz (LPP) em parceria com o governo do Estado do Ceará, que compõe o Programa de Oportunidades e Cidadania proposto pela Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (SEAS). Iniciou suas atividades a partir do atendimento a mais de 600 adolescentes e jovens que passaram por medidas socioeducativas nas cidades de Fortaleza e Sobral.

O projeto oferece acompanhamento psicossocial a esses jovens, com a realização de oficinas de sensibilização, elaboração de projetos de vida, acompanhamento social com foco na regularização de documentos e escolarização. Além disso, conta também com atendimento familiar e oferta de grupos que utilizam a arte e o esporte como ferramentas de desenvolvimento.

Os adolescentes e jovens contam com suporte da equipe no desenvolvimento de “Planos de Cuidado” que possam ajudá-los a se reconhecer em seu protagonismo, direcionando-os para redes de proteção existentes e, muitas vezes, desconhecidas ou inacessíveis. O objetivo é colaborar para que eles possam traçar seus caminhos no sentido da garantia de seus direitos e de novas oportunidades.

“A parceria com a Luta pela Paz gerou muita expectativa e tem se concretizado como fator determinante e diferencial, considerando a expertise, metodologias e tecnologias sociais já consolidadas pela ONG e que agora podem ser aplicadas no contexto do Programa aqui no Ceará. Um projeto com metas claras e definidas para que haja impacto na trajetória de vida dos jovens atendidos” , diz o superintendente da SEAS, Roberto Peixoto.

O projeto se baseia na experiência de 20 anos da LPP, que já tem metodologias para atendimento a jovens em situação de vulnerabilidade sistematizadas em outros locais, e contará com uma equipe de 18 profissionais contratados nas próprias cidades e territórios atendidos. A previsão inicial é de um ano de duração, sendo o primeiro programa direcionado a este público no estado, previsto no Plano Decenal das medidas socioeducativas do Ceará.

“O Programa de Oportunidades e Cidadania, proposto pela Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo, vem ao encontro de uma necessária rede de proteção ao e à adolescente em situação pós-medida, compreendendo proteção como geração de oportunidades, possibilidades de acesso e exercício de cidadania através de seus projetos: Novas Trilhas, Embaixadores da Paz e Trilharte. Com atividades que promovem acesso à cultura, lazer, esporte e qualificação, sempre alicerçados em um processo de escuta qualificada e acompanhamento multiprofissional, o programa centra esforços em promover impactos positivos na vida dos(as) acompanhadas e de suas famílias ao se constituir como referência nessa interlocução entre políticas públicas indispensáveis para o gozo dos direitos” relata a coordenadora do programa na SEAS, Larissa Camerino.

“A Luta pela Paz utiliza, no projeto Novas Trilhas, uma abordagem referenciada no território, considerando as diferentes localidades em que os jovens se encontram e reconhecendo as redes de apoio que compõem cada uma. Uma das premissas do trabalho da equipe é olhar para esse ou essa jovem sob o ‘Paradigma da Potência’, ou seja, focar em suas habilidades, vocações, desejos e sonhos. E colocá-lo(a) no centro do cuidado, onde ele ou ela possa falar sobre sua história e construir, com apoio da equipe e com acesso a novas oportunidades, novas trilhas de vida”, explica a gerente de Projetos da Luta pela Paz no Ceará, Nara Goes.

SOBRE A LUTA PELA PAZ

Criada no ano 2000, no Complexo da Maré, na cidade do Rio de Janeiro, a Luta pela Paz (LPP) é uma ONG que trabalha em comunidades afetadas pela desigualdade e violência para que jovens possam se desenvolver e contribuir para a construção de sociedades seguras e inclusivas. Até hoje, já foram atendidos mais de 250 mil crianças e jovens, em diversos projetos apoiados por várias instituições parceiras.

Reconhecendo os jovens como agentes de mudança, a LPP desenvolve seu trabalho por meio de três focos estratégicos: Academias, Aliança e Coletivos. Nas Academias, apoia diretamente os jovens a desenvolverem seu potencial através de programas integrados baseados em pilares como Boxe e Artes Marciais, Educação, Empregabilidade, Suporte Social e Liderança Juvenil. Através da Aliança, compartilha conhecimento e apoia organizações comunitárias ao redor do mundo para o fortalecimento de programas voltados para jovens. E por meio de “Coletivos”, através da metodologia de impacto coletivo, busca integrar atores locais, governo e organizações para apoiar os jovens em seu desenvolvimento.

Você também vai se interessar por…

VAGA DE EMPREGO

Inscrições abertas até dia 22/08 para a vaga de Assistente de Articulação da Luta pela Paz, no Rio de Janeiro. Visando...