Notícias

Começa mobilização de 350 adolescentes na Pavuna e na maré por meio da inclusão digital

Realizado pelo UNICEF em parceria com Luta pela Paz, o projeto é parte da iniciativa #AgendaCidadeUNICEF.

Rio de Janeiro, 23 de junho de 2022 – O UNICEF, em parceria com a Luta pela Paz, lança nova edição do projeto Zona Nossa, com o engajamento de 350 adolescentes e jovens da Maré e Pavuna, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. O objetivo é criar oportunidades e apoiar adolescentes em situação de vulnerabilidade social a continuar seu estudos, acessar vagas de formação e emprego, bem como serem mobilizadores em suas comunidades, por meio do acesso à tecnologia, internet e atividades de formação cidadã. No decorrer dos próximos meses, 50 participantes do projeto irão constituir o Núcleo de Cidadania de Adolescentes para fortalecer e multiplicar a participação cidadã de adolescentes nessas regiões.

O ponto de partida foi a entrega de kits de conectividade, realizada esta semana na Casa de Juventude da Pavuna. Com celular, chip com plano de internet e materiais formativos, o kit irá garantir acesso a diferentes conteúdos e trilhas formativas. O projeto se soma à iniciativa #AgendaCidadeUNICEF, realizada pelo UNICEF e a Prefeitura do Rio, que visa promover direitos e oportunidades para crianças e adolescentes, contribuindo com a prevenção de violências em sua vida. “Garantir acesso à tecnologia, a conteúdos formativos e redes de apoio é essencial para promover a inclusão socioprodutiva de adolescentes e jovens nos territórios mais vulneráveis. Com essa iniciativa queremos engajar adolescentes e jovens para fortalecer o direito à participação em diferentes espaços de decisão que afetam suas vidas oferecendo também formação em competências para a vida”, destaca Joana Fontoura, oficial de Desenvolvimento e Participação de Adolescentes do UNICEF no Rio de Janeiro. “Ainda precisamos avançar muito para viabilizar a participação equitativa e plena dos jovens de favela neste mundo conectado e desigual. Por isso, nós vamos reconhecer a potência destes jovens e apoiá-los para que acessem oportunidades de desenvolvimento através da inclusão digital. Queremos também escutar a juventude e construir com ela os caminhos possíveis para uma sociedade mais justa, segura e inclusiva”, reforça Gabriela Peixinho, diretora da Luta pela Paz.

Nos próximos seis meses, acontecerão encontros presenciais e virtuais, que terão a internet e as redes sociais como ferramentas centrais para formação e mobilização dos participantes. Serão criados grupos online para debates, trocas e discussão de ideias sobre diversos temas do seu dia a dia. Um dos objetivos do projeto é despertar o desejo dos adolescentes e jovens se engajarem nas ações da sua comunidade, se organizando de forma coletiva e estruturada para debater assuntos atuais. Nesse sentido, será formado o Núcleo de Cidadania de Adolescentes com
a participação de 50 adolescentes e jovens que receberam os kits e desejam se engajar em ações de mobilização comunitária e incidência política.

O projeto acontece com apoio estratégico do Instituto BRF e a parceria da Fundação Mitsui. Com apoio estratégico do Instituto BRF, o UNICEF está distribuindo kits de conectividade para adolescentes e jovens vulneráveis do Mato Grosso, São Paulo e Rio de Janeiro, além de instalar estação de lavagem de mãos, distribuir kits de higiene e capacitar equipes educacionais no Mato Grosso, Pernambuco, Bahia e Ceará. Em parceria com a Fundação Mitsui, o UNICEF está distribuindo kits de conectividade para adolescentes e jovens do Rio de Janeiro, além de acompanhá-los por cinco meses em um processo de formação voltado para a inclusão no mundo do trabalho e retorno às aulas.


SOBRE UNICEF
Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em mais de 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.


SOBRE LUTA PELA PAZ
Criada no ano 2000, no Complexo da Maré, na cidade Rio de Janeiro, a Luta pela Paz (LPP) é uma ONG que trabalha em comunidades afetadas pela desigualdade e violência para que jovens possam se desenvolver e contribuir para a construção de sociedades seguras e inclusivas. Até hoje, já foram atendidos mais de 250 mil crianças e jovens, em diversos projetos apoiados por várias instituições parceiras. Reconhecendo os jovens como agentes de mudança, a LPP desenvolve seu trabalho por meio de três focos estratégicos: Academias, Aliança e Coletivos. Nas Academias, apoia diretamente os jovens a desenvolverem seu potencial através de programas integrados baseados em pilares como Boxe e Artes Marciais, Educação, Empregabilidade, Suporte Social e Liderança Juvenil. Através da Aliança, compartilha conhecimento e apoia organizações comunitárias ao redor do mundo para o fortalecimento de programas voltados para jovens. E por meio de “Coletivos”, através da metodologia de impacto coletivo, busca
integrar atores locais, governo e organizações para apoiar os jovens em seu desenvolvimento.


SOBRE FUNDAÇÃO MITSUI
A Fundação Mitsui Bussan do Brasil foi constituída em fevereiro de 2008 pela Mitsui & Co (Brasil) S.A e outras empresas do Grupo, como Mitsui Gás e Energia do Brasil, Mitsui Rail Capital Latin America (MRCLA). A Fundação apoia atividades nas áreas de Educação, Meio Ambiente, Assistência Social e Intercâmbio Cultural entre Brasil e Japão.

SOBRE INSTITUTO BRF
Fundado em 2012 pela BRF, o Instituto BRF é uma associação privada que direciona de forma estratégica os investimentos sociais da Companhia. O objetivo é dar suporte às iniciativas cidadãs que contribuem para o desenvolvimento das comunidades localmente. Desde a sua criação, por meio das ações de voluntariado e projetos de investimento direto, o Instituto BRF já impactou mais meio milhão de pessoas, mobilizou mais de 32.000 horas de trabalho voluntário e realizou mais de 2 mil ações sociais em 70 cidades ao redor do País.

Você também vai se interessar por…

VAGA DE EMPREGO

Inscrições abertas até dia 22/08 para a vaga de Assistente de Articulação da Luta pela Paz, no Rio de Janeiro. Visando...