O poder da parceria na resposta ao COVID-19

Nas últimas semanas, todos tivemos que nos adaptar rapidamente aos desafios que o COVID-19 apresentou.

Nas últimas semanas, todos tivemos que nos adaptar rapidamente aos desafios que o COVID-19 apresentou. Para nós, isso significou inovar nossa abordagem de atividades e serviços nas diferentes localidades em que trabalhamos. Também significou, sempre que possível, trabalhar em parceria para ter o maior impacto. Esse foi o caso em Kingston, Jamaica, onde nosso Programa Comunidades Seguras (PCS) reuniu atores do governo, ONGs e setores privados para fortalecer as respostas comunitárias à pandemia.

A Luta pela Paz está trabalhando em parceria com o UNICEF, a Comissão Nacional de Apoio aos Pais da Jamaica (NPSC) e a Fundação Victoria Mutual Building Society para treinar mentores para apoiar os pais por meio de uma linha de ajuda recém-criada. Como resultado da parceria, e em um momento particularmente desafiador para os pais, 36 seis mentores treinados profissionalmente responderão aos chamados de quem pode estar em perigo e os encaminharão para uma gama de serviços de suporte.

Com o apoio do UNICEF, o NPSC está fornecendo treinamento aos mentores dos pais, realizado online, seguindo as medidas de distanciamento social introduzidas na Jamaica. Dentro deste pacote de treinamento, os membros da equipe psicossocial da Luta pela Paz estão oferecendo treinamento em primeiros socorros psicológicos e sessões contínuas individuais com os mentores. Enquanto isso, a compra de smartphones que serão usados pelos mentores está sendo financiada pela Victoria Mutual Building Society Foundation.

O apoio ao qual os mentores encaminharão os pais se baseará no Diretório de Serviços para Crianças e Famílias. Esse recurso, distribuído gratuitamente para pais, professores e ONGs que trabalham com crianças, foi recentemente atualizado pelo Conselho Jovem da Luta pela Paz na Jamaica, em colaboração com o UNICEF.

Essa abordagem de impacto coletivo é característica do trabalho coordenado pela Luta pela Paz por meio do Programa Comunidades Seguras nos últimos cinco anos. Agora, ele assume um significado extra neste momento em que a inovação e a parceria são vitais para responder aos desafios sem precedentes causados pelo COVID-19.