ALIANÇA LPP: CELEBRAMOS UM BELO TRABALHO NO DIA MUNDIAL DO REFUGIADO

A Associação Filhos de Bimba – Líbano (FBL) é membro da Aliança Luta pela Paz, uma comunidade global onde mais de 100 organizações já participam...

A Associação Filhos de Bimba – Líbano (FBL) é membro da Aliança Luta pela Paz, uma comunidade global onde mais de 100 organizações já participam, trabalhando juntas para se apoiarem em seu crescimento e desenvolvimento de crianças e jovens em comunidades afetadas pelo crime e a violência.

A fim de marcar este Dia Mundial do Refugiado em 2019, convidamos nossos parceiros a falar um pouco mais sobre o trabalho que realizam com pessoas que estiveram sob zonas de conflito – parte de um programa mais amplo desenvolvido pela organização para crianças e jovens em diversas localidades do Líbano.
 

“Como muitas áreas do Líbano fazem fronteira com a Síria e acabam servindo de base de apoio humanitário à crise do país, as crianças tanto daqui quanto de comunidades afetadas pela guerra na Síria acabam tendo que lutar pelos seus direitos mais básicos de brincar e participar das demais atividades de lazer que desenvolvam a sua interação social. E é com o intuito de facilitar o acesso a este direito e ajudar crianças refugiadas a se integrarem e conseguirem lidar com seus traumas, que a Associação Filhos de Bimba – Líbano (FBL) promove atividades de Capoeira. 


A essência e natureza desde esporte único promove um ambiente seguro para que crianças possam aprender brincando, enquanto encoraja a reflexão e noções de paciência, auto-defesa, igualdade de gênero, espírito de equipe e respeito em geral. As atividades de capoeira são direcionadas especificamente para o desenvolvimento físico, emocional e psicológico das crianças, bem como ajuda a transcender as noções de exclusão econômica, social e cultural, estigmatização, estereotipização e violência, além de fazer com que estas crianças possam começar a pensar em suas próprias aspirações pessoais durante todo o processo – possibilitando, assim, que estas comecem a reestruturar suas próprias realidades.
 

A FBL é uma organização não-governamental e sem fins lucrativos criada em 2010 por educadores e estudantes de Capoeira, introduzindo a crianças e jovens, desde então, a híbrida natureza artística e acrobática dos movimentos desta tradicional arte marcial brasileira.

O enfoque de intervenção é holístico e multifacetado, usando uma tríade composta por esportes, música e dança, atuando assim como um catalizador para as mudanças sociais e a promoção de bem-estar para os residentes de comunidades à margem no Líbano. 



A partir de análises do alto impacto alcançado na utilização do ensino de artes marciais para crianças, jovens e adultos de diversas origens e, especificamente, o impacto da Capoeira junto a grupos estigmatizados (e marginalizados por conta disso), a FBL foi capaz de implementar com sucesso um complexo sócio-educacional em diversas regiões do Líbano – apoiando, assim, a promoção da paz e o empoderamento de crianças e jovens que ali habitam. 

 

Trabalhamos com parceiros locais e ONGs a fim de alcançar um maior número de pessoas e poder transmitir a mensagem da Capoeira em diferentes localidades por todo o país. Nossas atividades são sempre inclusivas e abertas à toda a comunidade – já tendo trabalhado, por conta disso, com comunidades de refugiados, deficientes visuais parciais e totais, jovens encarcerados e muitas outros grupos.

Dentro da nossa especialidade está ainda a avaliação realizada por todos os participantes de todas as nossas atividades. Assim, podemos mensurar o impacto justamente em áreas onde as crianças são mais afetadas: comportamento, auto-imagem, tolerância, empatia e sua visão de futuro.  Até o momento, podemos dizer que nos orgulhamos de ter conseguido apoiar tantas crianças e jovens que encontraram na Capoeira um propósito, a sua confiança, seu condicionamento físico ou uma forma saudável para expressar as suas frustrações e vencê-las.
 

 

“Essa é uma atividade que estimula a auto-confiança”

 

“Me alivia a alma e traz felicidade …”

 

“Me sinto feliz durante as aulas e pude aprender a me defender…”

 

Estas são apenas algumas frases de um questionário realizado com crianças e jovens, libanesas e sírias, em Aanjar, Norte do Líbano, e que nos conforta em saber que estamos no caminho certo: indicando noções de confiança, controle da raiva, interação social, senso de calma e pertencimento, além do sentimento de diversão – tão importante e, ao mesmo tempo, difícil de ser alcançado por crianças que enfrentam situações adversas como as que presenciamos. Este são alguns dos pilares que mantém a Associação Filhos de Bimba – Líbano de pé e se relaciona diretamente com o impacto alcançado. 


Nós esperamos expandir ainda mais o nosso alcance e realizar impactos de longa duração através de nossas atividades junto às crianças e jovens com os quais trabalhamos, em especial com crianças refugiadas -  as quais já suportaram muito mais do que poderiam aceitar. As crianças com as quais trabalhamos estão sempre felizes e mais calmas depois de nossas atividades e ansiosas para a próxima aula de Capoeira. Esperamos alcançar ainda mais crianças com nosso trabalho, enquanto espalhamos a nossa mensagem através deste esporte que combina confiança, disciplina, atividade física e, sobretudo, diversão”.